Vouyer: Observando o prazer

por Guilherme Cosenza

Observar alguém se despir, ficar com os olhos em cima de um casal em seu momento íntimo, ter vontade de tirar a roupa para seu parceiro na frente de várias pessoas ou no íntimo de um quarto, são fetiches que atingem oito em cada 10 casais. O chamado voyeurismo e exibicionismo, além de ser uma maneira de alimentar a vontade à dois, também é mais comum do que se imagina.

Dentro das casas de Swing, por exemplo, inúmeros casais comparecem aos eventos, unica e exclusivamente com o intuito de se mostrar e ser observado, sem a intenção de participar da troca de casais ou do sexo com mais uma pessoa. Em resumo, o voyeurismo é o ato de ver alguém se despindo, já o exibicionismo é o ato de se despir enquanto é visto por um voyeur. É comum que encontremos em um casal os dois tipos, geralmente com o homem sendo o vouyer e a mulher a exibicionista, mas nada impede que o contrário aconteça. Geralmente o exibicionista esta em paz e certo de seu corpo e com isso, acaba excitando seu parceiro ao tirar a roupa em quanto é observados.

Já o vouyer sente atração por ser o outro lado da moeda, o observador, porém, muitos possuem o prazer no exibicionismo de seu parceiro, como por exemplo, um homem que observa sua companheira fazer um strip-tease na frente de muitas pessoas e sente prazer em ver os outros se excitarem vendo sua parceira nua. O exibicionismo, no entanto, pode acontecer de forma sutil e no dia a dia do casal, não apenas dentro das boates de swing ou no momento do sexo. O caminhar pela casa comumente usando apenas roupas intimas ou não usando nada, é uma maneira de atrair olhares de desejo do parceiro ou parceira, é uma maneira de instigar o vouyerismo e o exibicionismo do casal.

Contudo, para uma prática saudável desse fetiche, mas comum do que se imagina, faça com a ciência dos dois lados ou do casal a ser observado. Muitas vezes o vouyer acaba observando sem autorização, criando até mesmo uma invasão de intimidade, transformando o fetiche em algo perigoso. Para quem tem curiosidade e quer descobrir se existe um vouyer ou um exibicionista dentro de si, a equipe da Hedonia.sw, separou algumas formas de alimentar esse fetiche dentro de você, acompanhe:

– Seja narciso

hedonia espelhoColoque  um  espelho  grande  próximo  a  cama,  de  preferencia  do  lado.  Quando  estiverem  transando,  o  casal  poderá  observar  o  parceiro  em  ação  pelo  espelho,  dando  a  sensação  de  existir  mais  um  casal  no  local,  o  reflexo  dos  olhares,  dará  também  a  sensação  de  estar  sendo  observado.

– Seja o ator

Voyeurism keyholeBrincar de ser outra pessoa, um estranho ou pedir para que a outra pessoa tire a roupa em outro comodo, enquanto você observa pela fechadura da porta ou por uma janela, pode atiçar o seu lado vouyer. Contudo, se isso deixar um dos dois desconfortáveis, tente outra coisa.

– Seja fotografo

cameraSer o seu próprio paparazzi pode ser a chave para excitar seu parceiro. Mandar fotos sensuais, de lingerie, nua ou em poses sexy, no meio do dia, na hora do trabalho ou em momentos distintos do sexo, pode ser a chave para uma noite quente após o trabalho. Desde que, a outra pessoa goste de receber e apague o conteúdo para poder manter a integridade do outro.
– Seja o câmera
s-l300Vídeos caseiros do momento do sexo podem ser um atrativo para apimentar e aguçar a vontade do vouyer e do exibicionismo, que ao mesmo tempo que pode observar o outro em ação, poderá também ser observado. Assistir o vídeo enquanto transa, também é uma ótima opção.

– Seja um internauta
golpewebcamMuitos sites possuem chats online, onde o casal pode observar outros casais fazendo sexo em tempo real, ou se despindo. Começar por ali, pode ser uma saída, se despir e fazer sexo dentro da própria casa, pode ser uma maneira mais confortável para um casal que está descobrindo esse novo fetiche.

– Seja um explorador

timthumbExplore as casas de swing. Elas são ótimos pontos para quem quer aproveitar o vouyerismo e o exibicionismo. Além de possuir diversas cabines onde o casal poderá “brincar” e ser observado, as casas possuem políticas rígidas quanto a aproximação de outras pessoas, dessa maneira, um homem, por exemplo, poderá observar sua mulher tirando a roupa no pole dance, sem se preocupar com que outra pessoa possa passar a mão nela. A possibilidade de fazer sexo tranquilamente no meio de muitas pessoas, é outro ponto que torna as casas de swing, pontos ideais para praticar o vouyerismo e o exibicionismo.

Conheça o Hedonia.sw e descubra o mundo do Swing


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s